Atendimento:   (21) 2236-4422   /   (21) 2547-3079

Evolutivamente, a maxila do homem vem diminuindo de tamanho enquanto sua caixa craniana aumenta. Mastigamos muito menos e utilizamos muito mais nosso cérebro. Natural que algumas pessoas, hoje em dia, já até nasçam sem os sisos - esse fenômeno provavelmente é parte desse processo evolutivo humano. Entretanto, a grande maioria da população ainda desenvolve o terceiro molar, mesmo sendo um elemento dentário desnecessário funcionalmente e obsoleto em termos evolutivos. O fato é que a presença do siso traz muito mais prejuízos do que benefícios ao organismo, e deve ser removido cirurgicamente na grande maioria dos casos.” – Dr. Alexei Cavalcanti

A extração do siso deve ser feita com sedação

Normalmente a extração do siso é realizada em ambiente ambulatorial, ou seja, na clínica odontológica com anestesia local e com o paciente acordado. Comparativamente, na medicina, cirurgias menos complexas são realizadas no centro cirúrgico com o paciente anestesiado ou pelo menos sedado. Ainda, realizar cirurgias em um centro cirúrgico traz vantagens ao profissional - como o total controle do ato cirúrgico - e ao paciente, que não enxerga os instrumentos e nem toma consciência do transcorrer do procedimento.

A Mac Odonto conduz as cirurgias de siso de uma forma totalmente diferente do habitual dos consultórios dentários, pois utilizamos a sedação com óxido nitroso e/ou medicamentosa para fazer os procedimentos cirúrgicos em nosso centro cirúrgico próprio. Em nossa clínica, cerca de 95% dos procedimentos cirúrgicos são feitos com sedação, o que facilita o transcorrer do procedimento e minimiza a participação do paciente no ato - que na maioria das vezes nem se lembra do que aconteceu.

Precisava retirar dois sisos que estavam incomodando com uma certa urgência, pois iria viajar em menos de um mês, e recebi, de familiares, a indicação da Mac Odonto. Desde o primeiro contato até a retirada dos pontos fui muito bem tratado: todos na clínica são muito educados e solícitos - o profissionalismo é impecável em todos os aspectos. O procedimento em si, realizado pelo Dr. Alexei, foi realmente fantástico: nenhuma dor e tudo muito rápido. A recuperação foi mais incrível ainda: nenhum inchaço, novamente nenhuma dor ou incômodo...nem parecia que havia extraído dois dentes!

Já fiz diversos procedimentos com a Mac Odonto (e.g.: extração de 4 sisos, reparação de um dos dentes da frente com utilização de resina, limpeza periódica dos dentes... etc). Atualmente moro em São Paulo e anualmente venho ao Rio de Janeiro para fazer a revisão dos dentes e, principalmente, executar qualquer outro procedimento mais complexo, quando necessário.  Faço isso porque confio na qualidade do serviço da Mac Odonto e tenho a certeza de que sairei do consultório com o resultado que esperava.

Luciano Soares

O que o paciente vai vivenciar na clínica?

A Mac Odonto age com muito carinho e respeito ao paciente em relação a traumas e fobias que são muito naturais. O paciente não participa do procedimento, e tudo é realizado dentro de um centro cirúrgico próprio com toda assepsia do ambiente e esterilização dos instrumentais muito rigorosa. (centro-excelencia-medicina-odontologia). O paciente fica todo monitorizado, a iluminação é diferenciada e o óxido nitroso está disponível para a sedação, que é um recurso utilizado há bastante tempo pelos dentistas em países desenvolvidos, tem seu uso permitido no Brasil, mas ainda é pouco encontrado nas clínicas odontológicas devido ao alto custo de implementação e necessidade de habilitação complementar. O emprego da sedação com óxido nitroso é extremamente útil e indicado para tratar pacientes com necessidades especiais, crianças, e principalmente para aqueles pacientes que têm fobia e quadros de ansiedade no momento do tratamento dental. (Saiba mais sobre a sedação com óxido nitroso em https://www.macodonto.com.br/diferenciais/sedacao-consciente-com-oxido-nitroso/. )

Associação de fatores que levam ao sucesso da cirurgia

Uma técnica cirúrgica refinada faz toda diferença, e a longa experiência em cirurgia do Dr. Alexei Cavalcanti faz com que os procedimentos sejam realizados de forma exemplar, associando-se medicação precisa e adequada, a fim de se minimizar problemas e infecções no pós-operatório.

Por isso, na Mac Odonto, o paciente já sai da consulta pré-operatória com toda a medicação que ele vai tomar no dia da cirurgia e também após a mesma, como antibióticos, analgésicos e anti-inflamatórios.

E finalmente, existe uma técnica que é um grande diferencial para a recuperação do paciente e que facilita muito a cicatrização e regeneração óssea: a utilização do L-PRF (Fibrina Rica em Plaquetas e Leucócitos).

O uso do L-PRF nas cirurgias de siso

A retirada do siso é uma cirurgia que gera um trauma localizado - a cavidade óssea que se forma após a remoção do dente. Na mandíbula essa cavidade é ainda mais difícil de ser reparada naturalmente por ser um osso muito mineral (cortical).

Por isso dizemos que, um dos grandes problemas no pós operatório de um siso é essa cavidade óssea permanecer vazia, sem a formação de um coágulo sanguíneo. O osso ficando exposto gera incômodo, sendo um processo dolorido, além de permanecer por semanas acumulando restos de alimentos.

O L-PRF é uma estrutura tecidual tridimensional - uma rede de fibrina - com células agregadas (plaquetas e leucócitos) que favorecem o processo de neovascularização e de cicatrização.

L-PRF L-PRF-2

A imagem mostra o plug de fibrina feito em uma centrífuga, repleto de células valiosas para o procedimento, como as plaquetas e leucócitos.

(Também pode-se usar o L-PRF na cirurgia de enxerto ósseo e misturando o L-PRF com o enxerto ósseo. Quando são misturados, o enxerto é muito mais propício a se regenerar em osso do que só com adição do mineral. Na Mac Odonto, esse esquema é usado em todas as cirurgias de enxerto ósseo).

Com esse conjunto de ações e técnicas, o Dr. Alexei Cavalcanti consegue extrair até os quatro sisos na mesma cirurgia, proporcionando um ótimo pós operatório aos pacientes.

Quando deve-se extrair o siso

O siso deve ser extraído quando for confirmado que ele não terá a possibilidade de permanecer em uma posição adequada na arcada dentária. Essa decisão ocorre, normalmente, no início da fase adulta.

Pode ser que desde os 15 anos já seja definido que não haverá espaço devido ao formato dos maxilares e que o ortodontista já indique a extração, mas é mais comum que este diagnóstico ocorra no jovem que aguardou o desenvolvimento ósseo terminar, entendendo-se que os sisos não poderão fazer parte de sua dentição.

Contraindicações

Não existem contraindicações absolutas à extração do siso, excetuando-se pacientes com doenças sistêmicas graves, sendo feitos os mesmos cuidados de avaliação e risco cirúrgico que em qualquer outra cirurgia hospitalar.

Existem casos mais complexos tecnicamente, que exigem maiores cuidados pré e pós-operatórios e um planejamento cirúrgico mais criterioso, eventualmente sendo necessário realizar a cirurgia dos sisos em um centro cirúrgico hospitalar.

Recuperação

Nos três primeiros dias é recomendado repouso, alimentação líquida e pastosa, com alimentos frios/gelados, evitar calor, carregar peso ou fazer exercício. Muito importante as compressas de gelo, e a limpeza da boca com soluções orais com clorexidine. Após o terceiro dia, o processo inflamatório diminui e o organismo começa a desfazer o edema eventualmente formado. No sétimo dia após a cirurgia, os pontos são retirados. Do sétimo dia até o 14º dia o paciente vai retomando sua vida normal. Com 15 dias o tecido gengival já estará bem cicatrizado com todas as técnicas usadas na Mac Odonto. É alcançado um estágio de regeneração óssea avançada após dois a três meses da cirurgia.

Rolar para cima